Mais Lidas

Jovem encontrada morta em condomínio de luxo disse a namorado que queria se matar

Defesa do namorado da vítima vai entregar à polícia gravação em que ela revela a intenção de cometer suicídio

Por O Dia

Corpo de Gabrielly foi encontrado preso em árvore
Corpo de Gabrielly foi encontrado preso em árvore -

São Paulo - A investigação sobre o que teria provocado a morte de Gabrielly Teixeira Santos, de 20 anos, ganhou um novo capítulo nesta sexta-feira. O advogado do namorado da jovem, encontrada morta em um condomínio de luxo em Bertioga, no litoral paulista, vai entregar às autoridades dois áudios em que a jovem afirma para o namorado que vai se matar. O rapaz, de 30 anos, foi ouvido pela polícia e negou qualquer tipo de envolvimento no caso, porém, ainda é tratado como suspeito.

No último sábado, o corpo de Gabrielly foi encontrado com uma corda no pescoço, pendurado no galho de uma árvore. A polícia acredita que o cenário de aparente suicídio pode ter sido forjado, e não descarta a possibilidade de homicídio.

Segundo a polícia, a jovem morreu na manhã do dia 1º de janeiro, após passar a noite de Réveillon em uma festa em que seu namorado se apresentaria como DJ. Testemunhas afirmam ter visto o casal brigando em diferentes oportunidades. Segundo o advogado do namorado da vítima, a causa das discussões seria ciúmes, mas que isso não motivou o crime.

Ainda de acordo com o advogado do rapaz, ele não teria acionado a polícia porque Gabrielly já havia sumido outras vezes quando brigaram, e ele imaginou que a moça poderia estar na casa de uma amiga, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista.

Os áudios vão ser entregues ao delegado responsável pelo caso na Delegacia de Polícia Civil de Bertioga.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários