'Interpretação equivocada'

Por Michael Mohallem

O auxílio-moradia é um benefício contestável?

O auxílio tem previsão legal, mas acontece uma interpretação equivocada, como se ele pudesse ser pago como regra para todos os membros dos Poderes da União. Foi criado para servidores que temporariamente viajam e têm que custear nova moradia. Por exemplo, um juiz que é convocado por dois anos para ser auxiliar no STF. Ele vai para a função, mas terá que continuar mantendo a casa regular e contratar hotel ou outro imóvel para ficar.

Qual a sua opinião sobre a resposta da Ajufe?

Mostra com muita honestidade o que o auxílio se tornou: aumentar o salário, o que é inaceitável. Muitos servidores da categoria da 'elite', como os juízes, têm uma visão reiteradamente exposta que merecem tratamento especial, um resquício do patrimonialismo. O bom trabalho que uma parte do Judiciário faz não pode ser confundido com a visão distorcida do recebimento do benefício.

Comentários

Últimas de Brasil