NA CÂMARA

Por O Dia

Na Câmara do Rio, a base governista pretendia alterar o texto por emenda e taxar apenas os inativos que ganham mais de R$ 8 mil. Com isso, a alíquota de 11% atingiria cerca de 3.700 pessoas de um total de 80 mil aposentados e pensionistas do Previ-Rio. No entanto, os vereadores recuaram sobre a ideia, pois consideraram que feria o princípio da isonomia.

Comentários