MAIS DE UM ANO

Por O Dia

A angústia do funcionalismo com a crise financeira do Rio se intensificou ainda mais em novembro de 2016. Desde aquele mês, os servidores ativos, aposentados e pensionistas passaram a enfrentar atrasos salariais. À época, o vencimento de outubro foi parcelado em até nove vezes, sendo a folha quitada em 9 de dezembro de 2016. A exceção foram os funcionários em atividade da Educação, todos os vínculos da Segurança, bem como ativos e inativos da Fazenda.

Comentários