INSS vai pagar atrasados para 2,4 mil aposentados

Segurados ganharam ações em novembro. Serão depositados R$ 38,5 milhões

Por MARTHA IMENES

As RPVs são creditadas em contas nas agências do BB em nome de quem ganhou a ação contra o INSS
As RPVs são creditadas em contas nas agências do BB em nome de quem ganhou a ação contra o INSS - Agência Brasil

O ano mal começou e veio com ele um dinheirinho para reforçar o orçamento de aposentados e pensionistas do INSS que ganharam ações contra o instituto. A Justiça Federal liberou R$ 38,5 milhões para pagar 2.431 segurados que venceram processos de revisão e concessão de benefícios contra a Previdência nos estados do Rio e do Espírito Santo. As sentenças foram proferidas em novembro do ano passado. Eles vão receber por meio de Requisições de Pequeno Valor (RPVs) que são limitadas a 60 salários mínimos (R$ 52,8 mil).

Segundo o Conselho de Justiça Federal (CJF), a verba é repassada diretamente aos tribunais federais regionais, responsáveis pelos pagamentos dos processos e pelo calendário de liberação. As RPVs são depositadas para os segurados em contas abertas em agências do Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal. O crédito é feito em nome de quem ganhou o processo.

Os segurados podem verificar quanto e quando vão receber de atrasados pela internet na página do tribunal (www.trf2.jus.br). Ao entrar, devem ir ao menu à esquerda, procurar o campo Precatórios/RPV. Eles precisam clicar em Consultas, depois em Pesquisa ao Público.

Para acompanhar, os interessados devem ter o número do requerimento ou do CPF ou da ação judicial que ganhou. Ao digitar o código, basta clicar em Confirmar para concluir a operação.

Comentários

Últimas de Economia