Atuais conveniados de plano de saúde municipal serão mantidos automaticamente

Começa na segunda-feira o prazo para adesão sem carência de novos usuários ou dependentes ao plano de saúde da Prefeitura do Rio

Por PALOMA SAVEDRA

Rio Começa na segunda-feira o prazo para adesão sem carência de novos usuários ou dependentes ao plano de saúde da Prefeitura do Rio, conforme a Coluna antecipou na edição de ontem. O procedimento deve ser feito pelo www.rio.rj.gov.br/previrio. Mas atenção: aqueles servidores já conveniados da Assim serão automaticamente mantidos no seu atual contrato, informou o Previ-Rio.

Mas caso queiram alterar o plano (por um mais caro ou de menor valor) ou cancelar, será necessário acessar o site, indicando a opção.

São titulares do plano os servidores ativos, aposentados e pensionistas. Podem ser dependentes cônjuge, companheiro (a), mãe, pai, filhos, netos, menores sob a guarda ou tutela do servidor.

Segundo o Previ-Rio, a Assim Saúde foi a única empresa interessada em cumprir os requisitos do edital de credenciamento, lançado no final de dezembro. E como já informado, o novo contrato trouxe mudanças: agora, haverá a coparticipação quando o servidor for atendido fora da rede fidelizada (hospitais e laboratórios da Assim). Caso ele procure hospitais e consultas em rede credenciada, terá que arcar com algum valor (confira tabela no Dia Online).

O servidor continuará descontando 2% da remuneração, e a prefeitura contribuirá (como já é feito) com mais 3% por estatutário, como forma de subsidiar o plano individual. O Previ-Rio destacou que isso permite, por exemplo, que quem ganhe, em média, R$ 3 mil, possa ter plano completo pagando R$ 60.

Haverá possibilidade também de contratos de planos superiores, com rede credenciada mais abrangente e preço diferenciado. Esses planos serão escolhidos por cada servidor.

Comentários