BNDES pode assinar contrato com consórcio este mês

Por O Dia

O BNDES pode assinar, entres 22 e 26 de janeiro, o contrato com o consórcio responsável por apresentar a modelagem de venda da Cedae. Como se sabe, o empréstimo de R$ 2,9 bilhões contratado com o BNP Paribas tem o aval da União e as ações da companhia de águas e esgotos em contragarantia.

Após a assinatura, o consórcio (formado pelo Banco Fator S/A, Concremat Engenharia e Tecnologia S/A e Vernalha Guimarães e Pereira Advogados Associados) tem até sete meses para terminar os estudos. O grupo fará o diagnóstico, análise e avaliação da Cedae para desenvolver uma proposta de modelagem de venda da estatal.

De acordo com o banco de investimentos, o trabalho será levado ao estado, para aprovação. Caso seja aprovado, se inicia a preparação para o leilão, que costuma durar em média seis meses. Porém, o BNDES ressaltou que há uma série de fatores que podem afetar o tempo até o leilão.

A licitação para escolha do consórcio ocorreu em agosto. E em dezembro o estado assinou o contrato com o BNDES para a realização do estudo.

Comentários

Últimas de Economia