FINANCIAMENTO ESTUDANTIL (3)

Por O Dia

Ouvido pela coluna, o economista Gilberto Braga dá uma sugestão de ouro para evitar que o estudante se meta numa dívida que não poderá pagar. "A regra é que não se deve entrar em um financiamento em que as parcelas do pagamento ultrapassem a 30% da sua renda", ensina ele. Outra dica: "O crédito bancário é mais caro que o estudantil. Não se deve recorrer ao banco para pagar a dívida da faculdade", comenta Braga.

Comentários