Jornal revela que família de Schumacher já gastou R$ 110 milhões com o ex-piloto

Tratamento do acidente ocorrido em 2013 custa R$ 549 mil semanais

Por O Dia

Suíça - Apesar de ser um assunto tratado em sigilo, segundo o jornal espanhol 'As', a família de Michael Schumacher já gastou mais de 28 milhões de euros (cerca de R$ 110 milhões) com o tratamento médico do ex-piloto alemão, que há quatro anos sofreu um grave acidente de esqui.

Para que Schumacher receba os cuidados médicos em casa e toda estrutura necessária para o tratamento, a família gasta 140 mil euros (R$ 549 mil) por semana, de acordo com a publicação espanhola.

O choque do ex-piloto com uma rocha aconteceu no dia 29 de dezembro de 2013. Ele permaneceu em coma por mais de seis meses, e recebeu alta do hospital em setembro de 2014. Desde então, passou a viver na residência da família, na Suíça, sem poder se movimentar.

Schumacher, que foi sete vezes campeão mundial de Fórmula 1, ganhou 840 milhões de euros (R$ 3,2 bilhões) em sua carreira, segundo a revista americana 'Forbes'.

Comentários

Últimas de Esporte