BOTAFOGO

Por O Dia

JEFFERSON: Uma volta ao time para ser esquecida. Falhou no segundo gol da Portuguesa. NOTA 5

ARNALDO: Ficou mais preso à marcação. Quando tentou apoiar o ataque, ficou devendo. NOTA 4

JOEL CARLI: Fez um bom primeiro tempo, mas se lesionou e saiu no intervalo. NOTA 6

MARCELO: Teve dificuldades para conter as investidas do adversário, mas não comprometeu. NOTA 6,5

IGOR RABELLO: Bem na marcação, pouco efetivo no apoio. NOTA 5

GILSON: Muita luta, pouca inspiração. Ficou devendo. NOTA 4

MATHEUS FERNANDES: Discreto, ficou preso à marcação. NOTA 5

RODRIGO LINDOSO: Entrou e pouco acrescentou. NOTA 4

JOÃO PAULO: Um dos mais lúcidos no meio de campo alvinegro. Criou boas jogadas ofensivas. NOTA 7

LEO VALENCIA: Meio perdido, teve muitas dificuldades para criar jogadas. Cansou no segundo tempo. NOTA 5

MARCOS VINÍCIUS: Entrou com moral, aplaudido pela torcida, e livrou o Botafogo da derrota ao fazer o gol de empate. NOTA 4

LUIZ FERNANDO: Estreante da noite, foi bem, auxiliando a defesa e municiando o ataque. NOTA 7

LUCAS CAMPOS: Entrou e pouco apareceu. NOTA 4

RODRIGO PIMPÃO: Irreconhecível, errou quase tudo que tentou. Vaiado pela torcida, foi substituído no segundo tempo. NOTA 5

EZEQUIEL: Entrou e deu mais movimentação ao ataque. NOTA 6

BRENNER: Lutou muito e teve o esforço compensado com o gol do Botafogo, de pênalti. Já são três em três cobranças. NOTA 6

Comentários

Últimas de Esporte