CLUBE TEM DINHEIRO BLOQUEADO

Por O Dia

O que está ruim pode piorar ainda mais. A promessa de pagar os atrasados dos jogadores até o dia 31 pode não ser cumprida porque parte da venda de Wendel pode ser bloqueada. A diretoria contava com os cerca de R$ 29 milhões que entrariam semana que vem para quitar a dívida, mas a Justiça bloqueou 30% das receitas do clube.

A decisão, que o jurídico do clube tenta derrubar, foi um pedido da Procuradoria da Fazenda Nacional, que cobra do Fluminense impostos que deveriam ter sido pagos entre 2007 e 2010 e totalizam R$ 31 milhões. Com o bloqueio da receita, o pagamento do salário pode ser afetado, o que tornaria o clima de insatisfação ainda maior no elenco, que ficou muito incomodado com o pagamento dos atrasados de Gustavo Scarpa, que entrou na Justiça e deixou o clube.

Se houver atraso, o diretor esportivo, Paulo Autuori, pode pedir demissão. Uma das condições para seguir no clube era a de que os salários estivessem regularizados. O Fluminense, via assessoria de imprensa, disse que não iria comentar o assunto, por considerar que foi vazado para "tentar tumultuar o bom ambiente na diretoria".

 

Comentários

Últimas de Esporte