Marcelo Penha deu o posicionamento do Fluminense sobre Scarpa - Divulgação/ Ferj
Marcelo Penha deu o posicionamento do Fluminense sobre ScarpaDivulgação/ Ferj
Por O Dia

Rio - O coordenador administrativo de futebol do Fluminense, Marcelo Penha, se posicionou sobre o acerto de Gustavo Scarpa com o Palmeiras. O dirigente afirmou que o clube carioca irá recorrer contra a rescisão do jogador, conseguida após um mandado de segurança na última quinta-feira.

"Corre o risco de conseguirmos reverter a situação e o Palmeiras ter que pagar solidariamente. Nós estamos sabendo agora, vamos entrar em contato com nosso departamento jurídico, que tomará as medidas cabíveis na Justiça", afirmou Penha, que estava presente ao lançamento do Campeonato Carioca 2018, nesta segunda-feira.

 

Insatisfeito com pagamentos atrasados e com a reclamação da torcida, Scarpa quis deixar o clube ao fim da temporada passada. O Fluminense tentou negociar o jogador com São Paulo, Palmeiras e Corinthians. Porém nada avançou. O meia buscou a via judicial no dia 22 de dezembro, alegando a falta de pagamento de quatro meses de direitos de imagem e seis de FGTS.

Scarpa não se reapresentou ao clube no dia 3 de janeiro. Sem saber da ação naquela época e temendo a judicialização do caso, o Tricolor pagou alguns débitos com o meia. Na última quarta-feira, a juíza Dalva Macedo negou o pedido de rescisão antecipada do jogador. Um dia depois, porém, o atleta entrou com um mandado de segurança e conseguiu a liberação. Há uma audiência marcada para o próximo dia 16 de abril.

 

Você pode gostar
Comentários