Salários atrasados fazem Anderson Martins rescindir contrato com o Vasco

Apesar dos problemas financeiros, o presidente Eurico Miranda não perdeu a chance de provocar rival: 'só tem uma clausula: eu vou liberar e se o Flamengo quiser contratar vai ter que pagar R$ 10 milhões'

Por O Dia

O jogador do Vasco da Gama, Anderson Martins. Foto - Nelson Costa / Vasco.com.br
O jogador do Vasco da Gama, Anderson Martins. Foto - Nelson Costa / Vasco.com.br - Nelson Costa / Vasco.com.br

Rio - O Vasco perdeu uma de suas principais peças para a disputa da temporada de 2018. Insatisfeito com os salários atrasados, o zagueiro Anderson Martins acertou nesta terça-feira com o presidente Eurico Miranda sua rescisão de contrato com o clube.

"Ele vai rescindir o contrato. Pediu para rescindir o contrato e eu concordei. Ele que pediu para sair e eu concordei. Só tem uma clausula: eu vou liberar e se o Flamengo quiser contratar vai ter que pagar R$ 10 milhões. Alias, já rescindi", afirmou Eurico em entrevista coletiva.

O Vasco deve ao zagueiro e ao restante do elenco salário de novembro, além do 13º salário, férias e os direitos de imagem. No caso de Anderson Martins, o direito de imagem é retroativo a julho, quando ele retornou ao clube.

 

Comentários