Os porteiros (devidamente uniformizados) do cinema Azteca, no Catete, cumpriam os últimos dias de seu ofício, em junho de 1974, quando a sala foi demolida. A profissão ainda se mantém, mas sem o glamour e o uniforme característico. A categoria tinha também os lanterninhas, responsáveis por conduzir os espectadores na sala escura. Figura extinta, junto com a derrubada, no caso do Azteca, ou desaparecimento dos vários cinemas da cidade.
 - Arquivo O DIA
Os porteiros (devidamente uniformizados) do cinema Azteca, no Catete, cumpriam os últimos dias de seu ofício, em junho de 1974, quando a sala foi demolida. A profissão ainda se mantém, mas sem o glamour e o uniforme característico. A categoria tinha também os lanterninhas, responsáveis por conduzir os espectadores na sala escura. Figura extinta, junto com a derrubada, no caso do Azteca, ou desaparecimento dos vários cinemas da cidade. Arquivo O DIA
Por
Publicado 14/01/2018 08:11 | Atualizado há 3 anos

Porteiros (devidamente uniformizados) do cinema Azteca, no Catete, cumpriam os últimos dias de seus ofícios, em junho de 1974, quando a sala foi demolida. A profissão ainda se mantém, mas sem o glamour e o uniforme característico. A categoria tinha também os lanterninhas, responsáveis por conduzir os espectadores na sala escura. Figura extinta, junto com a derrubada, no caso do Azteca, ou desaparecimento dos vários cinemas da cidade.

Você pode gostar
Comentários