Tiroteio assusta moradores da Rocinha no primeiro dia do ano

Houve reclamações nas redes sociais sobre os tiros. Batalhão de Choque realiza operação na comunidade nesta segunda-feira

Por O Dia

Rio - O primeiro dia do ano já começou em clima de tensão na favela da Rocinha, em São Conrado, na Zona Sul do Rio. Um intenso tiroteio assustou os moradores na manhã desta segunda-feira.

De acordo com a Polícia Militar, agentes do Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) e do Batalhão de Choque (BPChq) estavam patrulhamento na comunidade quando encontraram criminosos armados na localidade conhecida como Lajão. Houve confronto.

Nas redes sociais, as pessoas reclamaram dos tiros no primeiro dia de 2018. "Ouvindo aqueles tiros de lei aqui na Rocinha", disse uma pessoa no Twitter. "Desde o final da madrugada, intenso tiroteio na Rocinha. A batalha não cessa um só segundo", escreveu outro morador.

A Polícia Militar realiza uma ação continuada na Rocinha desde o dia 18 de setembro.

Um homem baleado foi preso após dar entrada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Botafogo na manhã desta segunda-feira. De acordo com a PM, o suspeito tem dois mandados de prisão contra ele por ter participado da invasão na Rocinha. Ele também tinha anotações criminais por tráfico de drogas na mesma comunidade. A ocorrência está na 10ª DP (Botafogo).

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro