PM à paisana é baleado em Ipanema

Por O Dia

Um tiroteio em plena luz do dia causou correria e desespero na Rua Visconde de Pirajá, em Ipanema. O confronto ocorreu ontem quando um PM à paisana tentou impedir que quatro criminosos fugissem com produtos roubados de uma loja de celulares. O policial foi atingido por dois disparos na perna. De acordo com testemunhas, a vítima teria sido confundida pela PM, que atirou na sua perna. Ele foi socorrido e levado para o Hospital Municipal Miguel Couto, mas o seu estado de saúde não foi informado.

De acordo com a PM, quatro bandidos em duas motos assaltaram a loja da Claro. O PM à paisana percebeu a movimentação e tentou impedir o assalto, iniciando uma troca de tiros. O funcionário de um dos estabelecimentos da região, que pediu para não ter a identidade divulgada, disse que a ação ocorreu por volta de 12h30, e que a rua estava lotada. Segundo ele, as pessoas correram para dentro das lojas para fugir dos tiros, que atingiram pelo menos uma loja e uma banca de jornal.

"Foi tudo muito rápido. Quando ouvi os tiros, corri para me proteger em uma farmácia. Quando parou, eu saí e vi o homem (policial) caído, baleado. Trabalho aqui há dois anos e é a primeira vez que vejo uma cena dessas", disse a comerciante Josefa Santos, de 49 anos. A Claro não comentou. Os criminosos conseguiram fugir

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro