Demora no ressarcimento do prejuízo

Por O Dia

Moradores prejudicados com o rompimento da tubulação há um ano, a 500 metros do acidente de segunda-feira, reclamaram da demora na indenização. Muitos receberam o dinheiro somente no fim do ano passado. Naquela época, pelo menos 15 famílias tiveram as casas invadidas pela água.

"Na minha casa demoramos muito para receber. Fomos indenizados com R$ 14 mil no começo de novembro. Perdemos os nossos móveis, roupas e alimentos. Levamos os documentos na Cedae e ficamos esperando. Telefonávamos e nada. O fato aconteceu no dia 4 de janeiro e só em novembro que recebemos", concluiu a dona de casa Marinilza Pitanga da Silveira, de 71 anos.

Em nota, a Cedae informou que todos os pedidos de indenização do acidente de 2017 foram pagos.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro