Sete fuzis apreendidos na ação

Por O Dia

A Polícia Militar informou que começou a planejar a operação de ontem há 15 dias, para prender criminosos e apreender armas. Ao todo foram quatro suspeitos presos, três deles feridos. Foram apreendidos sete fuzis, quatro pistolas e uma granada.

Nas redes sociais, circulou um áudio de suposto bandido conclamando comparsas a atacar a 11ª DP, que fica na Rua Bertha Lutz, no pé do Morro da Rocinha. Depois do boato, a delegacia foi cercada pela polícia e o trânsito interrompido na rua do prédio, com cones plásticos. A sede da UPP da Rocinha foi atingida por um tiro no confronto.

Além do ônibus (da linha Troncal 4, Rodoviária - São Conrado) também foi incendiada uma motocicleta na Avenida Niemeyer, no fim da tarde. Segundo a PM, houve protesto na via após um homem ser preso pela UPP do Vidigal. Com ele foi apreendido um fuzil AK-47 e uma pistola nove milímetros. Há relatos de que bandidos encurralados na Rocinha fugiram para o Vidigal, que seria dominada pela mesma facção.

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro