Processamento de alimentos

Por LUIZ ALMEIDA

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico trabalha na criação da Cooperativa de Processamento Alimentar de Petrópolis. Com objetivo de fortalecer a agricultura na cidade, a empresa responderá pelo processamento de alimentos, observando diferentes critérios, como a remoção de toxinas, conservação, aumento de disponibilidade sazonal, transporte e segurança microbiológica.

Segundo a secretaria, em dois anos a agricultura petropolitana conseguirá atender a restaurantes, hotéis, mercados, escolas e hospitais. A cooperativa também irá estimular a formalização dos agricultores. "Dos cerca de 800 produtores, apenas 350 são cadastrados e podem emitir nota fiscal. Destes, só 80 fornecem para o município", contabiliza o subsecretário de Desenvolvimento Econômico Fernando Pessoa.

Comentários