Por lucas.cardoso

Rio - A Ford Performance, divisão esportiva da marca, apresentou uma nova versão do Mustang nos Estados Unidos, o Shelby FP350S, destinado exclusivamente a pilotos profissionais de corrida. Nesta variante do ‘carro pônei’, o motor é um V8 5.2 de quatro válvulas por cilindro. A novidade se junta à linhagem de modelos de competição da fabricante, composta por modelos como FR500C, BOSS 302R e 302S e Shelby GT350R-C e GT4.

O Shelby FP350S tem cárter e resfriador de óleo de alta performance e transmissão manual Tremec 3160, com bomba de óleo integrada e relação final de 3,73. A suspensão especial conta com calibração elétrica da direção e o sistema de freios é de altíssima performance.

Modelo é exclusivo para motoristas profissionaisDivulgação

Por fora, o Mustang de competição tem divisor e asa traseira ajustável de fibra de carbono, da própria Ford Performance, além de rodas dianteiras de 19x10,5 polegadas e de 19x11 polegadas na traseira, com a opção de rodas forjadas de corrida de 18x11 polegadas.

Para dar personalidade à máquina, grafismos personalizados Shelby FP350S e escapamento especial de competição, que se juntam ao chassi integrado na carroceria com solda especial. A cabine conta com gaiola de proteção de seis pontos e banco de competição, ambos padrão FIA, volante de liberação rápida e sistema MOTEC de aquisição de dados.

LANÇAMENTO NESTE ANO 

A Ford anunciou no Salão de São Paulo, novembro passado, que vai lançar o Mustang no Brasil no último trimestre de 2017, com entrega das primeiras unidades no começo de 2018. 

“Nós vamos iniciar em breve a pré-venda do Mustang no Brasil, um dos carros mais esperados e admirados pelos brasileiros”, ressaltou Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul.

A versão mais provável para o nosso mercado é a GT, equipada com motor V8 5.0 litros de mais de 440 cv. O Mustang que vai chegar no Brasil provavelmente já será com facelift, que deve acontecer em 2017 nos Estados Unidos. O preço ainda não está definido, mas a expectativa é que custe cerca de R$ 300 mil, se de fato o carro for lançado.

Você pode gostar