Alinhamento evita problemas em rodas e pneus

Rodacar recomenda fazer o serviço a cada troca de pneus ou a cada 10 mil quilômetros rodados

Por O Dia

Rio - Alinhamento ou geometria é um dos serviços mais amplos quando o assunto é manutenção de veículos. Trata-se do ajuste da suspensão de forma que garanta a segurança e a estabilidade. Fora dos valores corretos, há desalinhamento das rodas e outras irregularidades mecânicas. Quando a regulagem é correta, permite um rodar mais fluido com a máxima aderência ao solo possível. Afinal, são os pneus que prendem o carro à estrada.

Cambagem é indicada se houver desgaste do ombro dos pneus e queda da direçãoDivulgação

No alinhamento, são feitos o ajuste da convergência e divergência das rodas. Tais correções proporcionam melhor dirigibilidade, evitando desgastes irregulares de pneus e suspensão. A Rodacar recomenda fazer o alinhamento de direção a cada troca de pneus, quando houver um desgaste irregular na banda de rodagem ou prematuro, quando o veículo puxar a direção para um dos lados. E preventivamente a cada 10 mil quilômetros. Assim, os pneus irão ter mais vida útil, com maior quilometragem.

Cambagem é o ajuste que determina a inclinação da roda em relação a um plano vertical, seja a parte de cima ou de baixo. Esse ajuste, de um modo geral, age sobre as características de rolamento das rodas. A cambagem positiva é quando as rodas estão mais próximas na parte debaixo, onde tocam o chão, e mais distantes da parte de cima.

Na cambagem negativa, é quando as rodas estão mais próximas na parte de cima do que na parte de baixo. A cambagem irregular provoca desgaste anormal do pneu na banda de rodagem e no ombro. Quando positiva, afeta a parte externa do componente. E quando negativa, a parte interna.

QUANDO FAZER

A necessidade de fazer a cambagem pode ser identificada quando ocorre o desgaste do ombro dos pneus e tendência de queda da direção para um dos lados. O proprietário pode saber quando é preciso fazer olhando a parte da frente do veículo. Os pneus devem estar em ângulo reto (o que seria a condição ideal). Um lado nunca pode estar mais inclinado que o outro.

De acordo com a Rodacar, o recomendável é verificar essa regulagem junto com o alinhamento e o balanceamento,como forma de que o veículo saia da manutenção devidamente regulado.Caster é a inclinação do pino para a frente ou para trás, com relação à vertical. Essa regulagem busca a melhor dirigibilidade do veículo em movimento.

Pouco ou nenhum caster são apontadas como situações anormais, gerando trepidação da roda e desgaste em pontos da banda de rodagem. Caster excessivo provoca o ‘shimmy’, que é a vibração e desgaste total da banda. Caster desigual (entre as rodas) faz com que a direção puxe para um lado, gerando também desgaste irregular. Essas situações podem ser descobertas com o carro em movimento.

O caster positivo projeta para a frente o eixo de giro, fixa o ponto de carga para frente do ponto de contato da roda com o solo. Dessa forma, as rodas se mantêm alinhadas para frente, impondo ao veículo uma trajetória em linha reta.

DESEMPENHO DA RODA

Pneus vazios%2C passar em buracos ou bater roda podem causar danosDivulgação

Passar em buracos ou bater a roda em um nível alto, como o meio-fio, pode empenar ou amassar o componente, ou até mesmo destruí-los. Outro risco de dano é rodar com os pneus vazios, cuja condição facilita que os impactos atinjam as rodas.

O desempenho de rodas é altamente necessário quando essas avarias afetam o equilíbrio do conjunto em relação ao eixos, provocando o desbalanceamento, que pode resultar na diminuição da vida útil dos pneus.

Também é necessário ter cuidado com os rolamentos das rodas, que têm durabilidade mínima de 40 mil quilômetros. Os rolamentos de rodas, dianteiros e traseiros, são instalados dentro do cubo delas e trabalham durante seu giro. O desgaste dessas peças pode ter consequências fatais. Podem deixar os ocupantes a pé na hipótese mais branda, mas também pode ocorrer o travamento das rodas com o carro em movimento, ocasionando um acidentes, que pode envolver até outros veículos.

A Rodacar indica comprar rodas em lojas especializadas, que ofereçam nota fiscal, garantia, orientação técnica e suporte aos produtos. 

Importância do motorista na prevenção

O sistema de suspensão, além de ser fundamental para a segurança do automóvel (já que garante a sua estabilidade), também é importante para proporcionar maior conforto aos seus passageiros. Em situações de derrapagem e curvas, a suspensão tem papel fundamental. Os motoristas também têm seu papel na conservação do conjunto.

Eles não devem se esquecer de que a direção defensiva é fundamental para o aumento da vida útil de amortecedores e molas. Muita atenção para desviar de buracos e diminuir a velocidade em lombadas são medidas que ajudam a manter a suspensão do carro em bom estado.

E quem cuida do carro ajuda a praticar um trânsito mais sadio, evitando acidentes, engarrafamentos e todo o estresse que essas situações provocam.

Últimas de Automania