Seguro acessível: apólices usam peças de desmanches legalizados

Levantamento de corretora mostra que economia pode ser de quase R$ 1 mil

Por O Dia

Rio - Regulamentado desde abril do ano passado, o seguro popular já tem mudanças em relação ao modelo original. As apólices têm preços mais baratos que as tradicionais, principalmente por permitir consertos com peças de remanufaturadas (procedentes de desmanches legalizados) e não originais. Por enquanto, o serviço é oferecido por poucas seguradoras, como Tokio Marine e Azul, que comercializam o produto para alguns modelos. Diante disso, a Bidu Corretora fez um levantamento que compara os valores das apólices dos seguros tradicional e popular de quatro modelos: Gol, Celta, Ka e Clio. A economia pode ser de quase R$ 1 mil (veja na tabela  abaixo).

O perfil usado para cotações foi de um homem casado, 35 anos, sem filhos, com garagem em casa e no trabalho, ambos em São Paulo.

Gol faz parte do estudo de uma seguradora%2C que comparou cotações dos seguros tradicional e popularDivulgação

É importante ressaltar que existem diferenças entre as coberturas diversas como, por exemplo, valor da franquia e itens cobertos. E, por isso, é sempre importante consultar um corretor de seguros para escolher um produto adequado às suas necessidades.

O seguro de carro ou moto também pode ser adquirido em conjunto com rastreadores. Segundo a Pósitron, marca que comercializa o recurso, a procura por esse tipo de serviço teve alta de 51% no ano passado.

A empresa vê a elevação da demanda em razão da simplicidade do método: o seguro, somado ao rastreamento, dispensa a análise de perfil do contratante, a vistoria prévia, não há avaliação da região de circulação e ainda oferece uma cobertura contra roubo ou furto total, além de possuir coberturas adicionais para perda total por colisão.

Tabela mostra valor do seguro para carros de luxoArte O Dia

APERFEIÇOAMENTO

Para o gerente comercial do segmento na Pósitron, Alcides Prates, o consumidor entendeu que o seguro com rastreador é um aperfeiçoamento do serviço de geolocalização, com a vantagem de ser 50% mais barato do que um convencional. “Para carros, a indenização é de 100% na tabela Fipe, enquanto que, para motos, 80%”, compara o executivo.

Clientes do combo de seguro com rastreamento ainda podem contratar assistência 24 horas, com serviços de guincho, troca de pneu, reparos elétricos ou mecânico e transporte até a sua casa.

CELULAR MONITORANDO

Uma das atrações é o monitoramento por meio de um aplicativo para smartphones, compatível com os sistemas iOS e Android. “O motorista consegue visualizar, por meio de celular, a localização do seu veículo em tempo real, 24 horas por dia”, comenta o executivo.

O rastreador oferecido pela Pósitron leva cerca de uma hora para ser instalado no automóvel. Quanto à apólice do seguro, ela passa a vigorar a partir do dia seguinte. O serviço ainda pode ser contratado por um período mínimo de um ano. A empresa é capaz de atestar um índice de recuperação do veículo de cerca de 90%.

CARROS DE LUXO NO BRASIL

A Minuto Seguros, com base na lista divulgada pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), elaborou um levantamento dos valores de seguro dos carros de luxo mais vendidos em janeiro deste ano no Brasil. O ranking é liderado pelo modelo GLA 200 da Mercedes-Benz, que teve 256 unidades vendidas no período. Em segundo e terceiro lugares, respectivamente, estão o Land Rover Discovery com 249 carros comercializados, e outro modelo da Mercedes-Benz, o Classe C, com 237. No estudo feito pela empresa, foram avaliados os preços dos seguros nas capitais dos estados do Rio, São Paulo, Rio Grande do Sul e Bahia, além do Distrito Federal. O levantamento considerou como perfil um condutor homem, de 35 anos e casado.

A cidade que pratica os preços mais em conta é Brasília, com seis modelos entre os dez listados no ranking, seguida por São Paulo, com dois. O Rio tem o seguro mais caro para a maior parte dos veículos da tabela. Cinco deles estão com o maior preço na capital carioca. Em seguida, vem Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, com três modelos.

Últimas de Automania