Dicas de manutenção para evitar problemas na estrada

Especialistas da Bosch ainda alertam que revisar o carro antes das viagens pode ajudar a reduzir em até 15% o consumo de combustível

Por O Dia

Rio - A uma semana do feriado da Páscoa, comemorado em 14 de abril, O DIA aproveita para elaborar uma lista com dicas para pessoas que vão pegar a estrada no feriado. Para evitar dor de cabeça, a BlaBlaCar, plataforma de compartilhamento de caronas, enumera orientações de manutenção preventiva.

Sempre é bom lembrar que resolver problemas mecânicos geralmente é mais caro do que fazer a manutenção preventiva. Especialistas da Bosch ainda alertam que revisar o carro antes das viagens pode ajudar a reduzir em até 15% o consumo de combustível, contribuir com o meio ambiente e ainda evitar multas — rodar com ‘pneus carecas’, por exemplo, é uma infração que gera cinco pontos na carteira de habilitação e pagamento de multa.

Freios

A principal recomendação é verificar o sistema de freios a cada 5 mil quilômetros. Nessa análise, será verificado se existe a necessidade de substituição dos componentes, garantindo segurança e ainda um menor custo na manutenção do sistema.

Para quem vai viajar, revise o sistema de freios com no mínimo duas semanas de antecedência. No caso de troca de discos e pastilhas, é preciso ainda tomar alguns cuidados nos dias seguintes ao reparo, como evitar freadas bruscas e quando o veículo está em alta velocidade.

Palhetas

Item simples de ser reparado e com baixo custo. É um componente indispensável para a segurança. Na estrada, com chuva forte, as palhetas se tornam um forte aliado do motorista, que precisa enxergar a estrada. Eventualmente, vale acioná-las para fazer um teste e ver se está tudo bem. Com o tempo, elas podem se desgastar e até ressecar, sendo necessário substituí-las, ainda mais se estiverem causando formação de faixas e riscos, ruído ou trepidação, formação de névoa e falhas na limpeza do para-brisa.

Sonda Lambda

Não é um componente conhecido. Trata-se de um sensor do sistema de injeção eletrônica que ajuda a gerar uma economia de até 15% no consumo de combustível, proporcionar mais potência ao motor, proteção ao meio ambiente, além de aumentar a vida útil do catalisador. A durabilidade dessa peça é grande quando o carro está com manutenção em dia e quando é abastecido com combustível de qualidade.

Óleos e filtros

A troca de óleo no carro ocorre geralmente nas revisões programadas. Porém, é importante verificá-lo numa ocasião como essa, antes de uma viagem. Sempre que for rodar grandes distâncias, além de conferir o nível de óleo, é recomendável também verificar o estado dos filtros de óleo, ar e combustível. Se esses componentes estiverem em más condições, podem causar diversos problemas ao veículo. Os fluidos da direção hidráulica ou elétrica também são importantes — convém, então, fazer um check-up completo desses itens, com a avaliação de um profissional.

Iluminação

São essenciais para garantir a segurança na estrada, ainda mais no caso dos faróis dianteiros, hoje obrigatórios por lei nas rodovias de todo o país. A multa para essa infração é de aproximadamente R$ 130 e gera perda de quatro pontos na carteira de habilitação. Ou seja, confira os faróis e lanternas de freio (que são mais difíceis de serem observadas) antes de sair para viajar.

Geometria

O alinhamento proporciona correta vida útil dos pneus, uma vez que proporciona um desgaste regular de superfície de contato do componente com o piso. O balanceamento, por sua vez, garante melhor estabilidade para condução do veículo, contribuindo para uma melhor dirigibilidade em retas e curvas, pois evita que o carro desvie ou puxe para os lados, além de evitar vibrações em baixas e altas velocidades. De acordo com os especialistas da Bosch, para identificar se é necessário fazer esses processos, a dica é observar se existe vibração no volante ou se a direção puxa para o lado durante a condução normal ou mesmo durante uma frenagem. Outro fator que pode ser observado é se existem ruídos nos pneus durante as curvas, mesmo quando o veículo está em baixa velocidade.

Calibragem

Usando muito ou pouco o carro, a calibragem dos pneus e do estepe deve ser feita ao menos uma vez por semana, com o conjunto frio. Além do mais, rodar com pneus com calibragem abaixo do indicado no manual do proprietário aumenta o consumo de combustível, além de poder causar danos ao componente. Antes de pegar a estrada, calibrar os pneus é uma tarefa obrigatória, devendo considerar a quantidade de passageiros e o peso das bagagens (com medidas diferentes para tal configuração, informadas normalmente na coluna da porta do motorista).

Últimas de Automania