Toyota Mirai será testado na China

Carro movido a hidrogênio não emite gases poluentes. Sustentável, ainda está longe do Brasil

Por O Dia

Rio - Em outubro deste ano, a Toyota enviará para a China duas unidades do Mirai, seu carro movido por célula de hidrogênio. O objetivo da montadora é conduzir testes de demonstração no país asiático. A marca também vai instalar lá uma estação de hidrogênio em sua base de pesquisa e desenvolvimento.

Toyota Mirai despeja vapor d'água no escapeDivulgação

A iniciativa faz parte do projeto ‘Acelerando o Desenvolvimento e Comercialização de Veículos Movidos à Célula de Combustível na China’, gerido e financiado pelo Programa das Nações Unidas pelo Desenvolvimento e pelo Fundo Mundial para o Meio Ambiente. A Toyota vai conduzir os testes de demonstração no Mirai pelos próximos três anos.

A fabricante vai fazer pesquisas sobre o desempenho do veículo dentro do meio ambiente chinês, como forma também de testar a qualidade do hidrogênio do país, além de realizar uma variedade de avaliações de qualidade e durabilidade. Paralelamente a isso, a marca vai promover atividades promocionais, de maneira a avaliar a receptividade dos consumidores chineses ao veículo movido à célula de combustível a hidrogênio.

Existem, atualmente, cinco estações de hidrogênio na China, que são centradas nas regiões metropolitanas de Pequim, Xangai e Guangzhou. A estação de hidrogênio que a Toyota planeja construir em sua sede será a primeira desse tipo na cidade de Changshu, localizada na província de Jiangsu. Por meio deste projeto, a Toyota vai trabalhar em parceria com o governo chinês e organizações empresariais dentro da indústria, com o objetivo de explorar o potencial do uso do hidrogênio.

Amigo da natureza

O Toyota Mirai é um carro sustentável, pois ele não emite CO2 e possui a mesma conveniência de um veículo a gasolina, em termos de tempo de reabastecimento e rodagem. Entre dezembro de 2014 e fevereiro deste ano, aproximadamente 3 mil unidades do Mirai foram vendidas em todo o Japão, Estados Unidos e Europa, regiões e países onde a infraestrutura de hidrogênio tem se expandindo.

Atualmente, a Toyota também está organizando testes de demonstração em países como a Austrália, Emirados Árabes Unidos e Canadá. No Brasil, ainda não há previsão para alguma experiência desse tipo.

Três mil unidades do Mirai já rodam em países desenvolvidos. No Brasil%2C ele ainda está distanteDivulgação


Últimas de Automania