Dilma anunciará novos ministros na quinta-feira

Presidenta quer a troca imediata de comando no Ministério da Fazenda e prepara a posse de Levy para a segunda-feira, diz fonte da Reuters

Por O Dia

A presidente Dilma Rousseff fará na quinta-feira o anúncio de alguns novos ministros, incluindo Joaquim Levy para a Fazenda, cujo cargo assumirá já na próxima segunda-feira, disse à Reuters uma fonte do governo com conhecimento sobre o assunto.

"A presidente fará o anúncio de um conjunto de ministros na quinta-feira e o desenho da equipe econômica até o momento é de Joaquim Levy para o Ministério da Fazenda", disse a fonte.

Segundo a fonte, que pediu anonimato, Dilma quer a troca imediata de comando no Ministério da Fazenda e prepara a posse de Levy para a segunda-feira.

Esse movimento deve trazer algum alívio para os agentes econômicos, que têm criticado a condução da atual política econômica, com baixo crescimento, inflação elevada e debilidade fiscal.

Assim, o último dia útil do atual ministro da Fazenda, Guido Mantega, será sexta-feira, quando saem os dados sobre o Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre, números que ele costuma comentar em entrevistas coletivas.

Procurada, a assessoria de imprensa do Ministério da Fazenda não comentou o assunto.

Um jornalista da Reuters viu nesta manhã Levy chegando ao Palácio do Planalto, mas sem informações com quem ele estaria reunido. Mantega também esteve no Planalto, com a presidente Dilma. Mas, segundo uma outra fonte, Levy não teria participado desse encontro.

A fonte do governo disse ainda que, além de Levy na Fazenda, está sendo preparado o anúncio de Nelson Barbosa para o Ministério do Planejamento e da permanência de Alexandre Tombini à frente do Banco Central.

A presidente também anunciará Armando Monteiro Neto para a pasta do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e Kátia Abreu para o Ministério da Agricultura.

Também serão divulgados os nomes de Miguel Rossetto para a Secretaria-Geral, no lugar de Gilberto Carvalho, e do atual presidente do Incra, Carlos Mário Guedes de Guedes, para o Ministério do Desenvolvimento Agrário.

A fonte disse que a troca imediata de ministros estará restrita ao Ministério da Fazenda, não abrangendo as demais pastas.

Últimas de _legado_Notícia