Por douglas.nunes

A balança comercial registrou déficit de US$ 24 milhões na segunda semana deste mês, resultado de exportações de US$ 3,624 bilhões e importações de US$ 3,648 bilhões. No mês, o saldo é negativo: US$ 74 milhões. Os dados foram divulgados hoje (16) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

A média das exportações da segunda semana chegou a US$ 724,8 milhões, 7,8% inferior à média de US$ 786 milhões da primeira semana, em razão da retração nas exportações de produtos manufaturados, como tubos de ferro fundido, laminados planos, automóveis e partes, suco de laranja e veículos de carga e dos básicos, como soja em grão, minério de ferro, carne de frango e bovina e farelo de soja. Cresceram as vendas externas de semimanufaturados de celulose, ouro em forma semimanufaturada, ferro fundido e óleo de soja em bruto, informou o ministério.

Do lado das importações, a média diária das importações chegou a US$ 729,6, uma retração de 8,3% na comparação com a primeira semana do mês, explicada, principalmente, pela diminuição nos gastos com combustíveis e lubrificantes, aparelhos eletroeletrônicos, veículos automóveis, plásticos e produtos siderúrgicos.

Você pode gostar