Por douglas.nunes

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, defendeu a implementação de um "ajuste rápido" como forma de assegurar melhor desempenho da economia brasileira, dizendo que é preciso evitar cenários marcados por downgrade, crise cambial e inflação realmente alta.

Levy disse que a desvalorização das commodities e ajustes no dólar são decorrentes do fim de políticas anticíclicas nos Estados Unidos e na China.

O ministro, que está reunido com empresários em São Paulo, disse ainda que "ninguém está querendo downgrade do Brasil".

Você pode gostar