Por bruno.dutra

Brasília -  O presidente do PT, Rui Falcão, afirmou nesta terça-feira que não vê motivos para afastamento do tesoureiro João Vaccari Neto após denúncia do Ministério Público Federal contra ele por suspeita de envolvimento no escândalo de corrupção na Petrobras.

Falcão disse a jornalistas, em Brasília, que também não tomou conhecimento até o momento de nenhum pedido de afastamento de Vaccari.

O MPF denunciou o tesoureiro na segunda-feira por crimes de corrupção no âmbito da operação Lava Jato, que investiga denúncias envolvendo pagamento de propinas resultantes de fraudes em licitações da Petrobras.

Você pode gostar