Por parroyo

O Operador Nacional do Sistema elétrico (ONS) do Brasil divulgou nesta sexta-feira projeção em que espera queda de 0,9% na carga de energia do país em maio e chuvas chegando aos reservatórios de hidrelétricas da região Sudeste dentro da média histórica do período.

Segundo Informe do Programa Mensal de Operação (IPMO), divulgado semanalmente, o ONS avalia que a carga de energia da região Sudeste/Centro-Oeste vai cair 2,3% em maio sobre o mesmo período do ano passado, enquanto no Sul haverá recuo de 0,5 por cento e no Norte de 2,3%. Apenas a região Nordeste terá crescimento de carga este mês em relação a maior de 2014, de 5,1%, estimou o ONS.

Com a estimativa de queda de carga e afluências dentro da média na principal região consumidora de energia do país, o indicador Custo Marginal de Operação (CMO), usado para compor o referencial de preços de curto prazo da eletricidade (PLD), recuou em todas as regiões para a próxima semana.

O CMO para as regiões Sudeste/Centro-Oeste e Sul caiu cerca de 6 por cento, para R$ 412,51 o megawatt/hora. Para a região Nordeste houve recuo de cerca de 3 por cento, a R$ 424,37 o MWh e no Norte o CMO caiu a R$ 92,96 ante R$ 100,06 estimados para esta semana.

Você pode gostar