Por tiago.frederico
São Paulo - O desempregado Anderson Pereira Lima, de 36 anos, está sendo procurado pela polícia paulista desde a manhã deste domingo por ser o principal suspeito de matar e esquartejar o pai, Williams Pereira Lima, de 57 anos.
Segundo a polícia, o crime ocorreu na casa da família, na Rua Otília, região da Penha, Zona Leste de São Paulo. Pai e filho discutiram porque o suspeito seria usuário de drogas. Os investigadores apuraram que Anderson guardou os pedaços do corpo do pai em sacos plásticos e chamou um táxi para abandoná-los em um terreno baldio.
Publicidade
O suspeito pediu ajuda do taxista para levar os sacos plásticos até o carro. Mas o taxista viu gotas de sangue saindo dos sacos, fugiu e foi até o 24º DP (Ermelino Matarazzo). O delegado Rafael Herculiani Pavarina foi com um grupo de policiais atrás do suspeito, mas ele já havia fugido. Os policiais constaram que Anderson lavou a casa para tentar esconder as manchas de sangue. O corpo da vítima foi encontrado em um terreno na mesma rua da residência.
A polícia apurou que Anderson foi preso em 2004 por matar a avó após uma discussão. Ele cumpriu pena de 11 anos e saiu da cadeia há cerca de seis meses.