Continuam buscas por jovem desaparecido durante chuva em SP

Tempestade veio com rajadas de vento e descargas elétricas, que deixaram 21 pontos de alagamentos, além de 49 queda de árvores

Por O Dia

São Paulo - As buscas por um jovem desaparecido após cair no Córrego do Menino, na cidade de São Caetano do Sul, na grande São Paulo, foram retomadas na manhã desta terça-feira. O Corpo de Bombeiros informou que a vítima, um adolescente do sexo masculino, sumiu nessa segunda à noite nas proximidades da Avenida Guido Aliberti e Estrada das Lágrimas, durante a forte tempestade que atingiu a região.

A chuva de ontem na cidade de São Paulo veio com rajadas de vento e descargas elétricas, que deixaram 21 pontos de alagamentos intransitáveis para veículos, de acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Foram recebidos 49 chamados para queda de árvores e 45 chamados para enchentes e alagamentos de córregos na região metropolitana.

Tempestade com ventos e trovoadas atingiu cidade nesta segunda e causou vários transtornos Agência Brasil

Um dos córregos que transbordou, o Caboré, na região de São Mateus, atingiu 92 casas. Segundo a Defesa Civil, após o escoamento da água, as famílias retornaram às suas residências. Em Santo Amaro, cerca de 70 famílias da comunidade Cruz de Malta foram atingidas pelo alagamento do Córrego Pinheirinho. As famílias também já voltaram para suas casas.

Outros quatro córregos também transbordaram: o Castro Alves (região da Capela do Socorro), o Ipiranga (Ipiranga), o Moinho Velho (Ipiranga) e o Rio Verde (Itaquera). Em Parelheiros, houve deslizamento de terra na rua Forte Trindade. A Defesa Civil atendeu moradores de cinco casas atingidas.

O muro de uma fábrica de biscoitos desabou com o rompimento de um duto de água no subsolo. O local, na Rua Yososuke Okaue (zona leste), foi interditado pela Defesa Civil.

O Aeroporto de Congonhas ficou com as operações suspensas por cerca de uma hora, a partir das 16h, em razão dos ventos que chegaram a 63,3 quilômetros por hora (km/h). Segundo a Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), as regiões da zona leste, sul e oeste tiveram volume pluviométrico de 45,5 (milímetros) mm, 37,9 mm e 34,6 mm, respectivamente. O índice de toda a cidade foi 34,2 mm.

Últimas de Brasil