Cerveja e carne em cela de ex-policial acusado de matar Eliza Samudio

Polícia vai investigar churrasco na cadeia

Por O Dia

Belo Horizonte - A Polícia Civil abriu investigação para apurar a veracidade da foto que mostra a participação do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, em um churrasco dentro de uma cela. Ele foi condenado a 22 anos de prisão pela morte e ocultação do cadáver de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro Bruno Fernandes.

A foto , que circula pela internet, mostra em uma mesa latas de cerveja, um celular e copos de vidro — itens com entrada proibida em uma unidade prisional. Na foto, Bola está em pé, encostado na grade da cela. Um pacote de carne estaria em outra mesa ao fundo. Não se sabe a data da foto.O ex-policial cumpre pena na Casa de Custódia da Polícia Civil, no bairro Horto, na Região Leste de Belo Horizonte, em regime fechado.

Últimas de Brasil