Dilma estica estadia no Chile e torna improvável sua presença na festa do PT

Ela decidiu prolongar a permanência no Chile, para onde foi na manhã desta sexta-feira, em visita oficial

Por O Dia

São Paulo - A presença da presidente Dilma Rousseff em festa de aniversário de 36 anos do PT marcada para a noite deste sábado, no Rio, é improvável. Ela decidiu prolongar a permanência no Chile, para onde foi na manhã desta sexta-feira, em visita oficial.

Dilma e comitiva devem partir de Santiago para Brasília às 17 horas, de amanhã, em uma viagem de quatro horas, o que torna difícil chegar a tempo à festa. O fim da visita oficial da brasileira estava inicialmente previsto para o início da tarde de sábado, mas, desta vez, a delegação brasileira não está com a usual pressa no regresso do exterior e estendeu a programação com empresários e economistas chilenos, convocados nos últimos dias.

Dilma chegou ao Chile às 12h40 desta sexta-feira, 26. Na agenda estava programado ainda um encontro com a presidente Michelle Bachelet.

Últimas de Brasil