Mulher é presa ao tentar entrar em presídio com celulares na genitália

Agentes encontraram celulares, carregadores e fones na vagina e 165 gramas de maconha que estavam no ânus da acusada

Por O Dia

Ceará - Uma mulher foi presa tentando entrar com drogas e celulares nos órgãos genitais no Conjunto Penal de Juazeiro do Norte, no Ceará, no último domingo. De acordo com a Polícia Civil, a mulher, que não teve a identidade revelada, se mostrou nervosa durante a revista e acabou sendo descoberta com o material escondido no corpo.

Celulares%2C carregadores e maconha encontrados no corpo da mulherDivulgação

Segundo a polícia, a mulher iria visitar um detento do presídio. Após ser chamada para a revista, os agentes penitenciários encontraram cerca de 165 gramas de maconha ensacados e escondidos no ânus da mulher, além de sete celulares, cinco carregadores e cinco fones que estavam na vagina dela.

Jornais do Ceará classificaram o caso como "bizarro". Os agentes penitenciários ficaram espantados, já que esta foi a maior quantidade de objetos que uma pessoa já tentou atravessar para dentro de um presídio, onde sempre há tentativas parecidas de entrada de drogas e celulares na cadeia.

Todo o material encontrado com acusada foi apreendido e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil, de Juazeiro do Norte. A mulher foi presa em flagrante. A polícia informou que ela vai responder pelo crime.

Últimas de Brasil