Morador quer cassar vereadora por caso extraconjugal

A denúncia é que houve quebra de decoro parlamenta

Por O Dia

Rio - A vereadora Fernanda Hassem (PT) é alvo de pedido de cassação de mandato feito por um motivo inusitado. Um morador de Brasileia, cidade onde Fernanda é vereadora e que fica a 232 quilômetros de Rio Branco (Acre), entrou com o pedido junto a Câmara de Vereadores sob a alegação de um suposto caso extraconjugal da parlamentar.

Segundo o advogado Leandrius Muniz, que representa o morador, a denúncia é que houve quebra de decoro parlamentar por parte da vereadora. “Houve a quebra por conta de que o homem público tem que estar dentro da moral e ética no parlamento e fora dele. Não é uma atitude digna de um representante do povo”, explicou.

O suposto relacionamento extraconjugal mantido pela vereadora seria com o advogado Francisco Valadares Neto. O presidente do diretório do PT no Acre, Ermício Sena, saiu em defesa da vereadora. “Ela tem uma vida toda dedicada ao município. O partido está saindo em defesa, todos os nossos parlamentares e lideranças, porque não podemos admitir essa atitude raivosa e preconceituosa que estão fazendo contra ela”, afirmou.

Últimas de Brasil