PT considera Lula preso político e pede reação: 'Não podemos deixar barato'

Ação da PF, a pedido do MPF, praticamente dominava os assuntos comentados do Twitter, com três posts entre os dez mais citados

Por O Dia

São Paulo - Na primeira reação contra operação Aletheia da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público Federal (MPF) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Partido dos Trabalhadores publicou na manhã desta sexta-feira, 4, no microblog Twitter, um post no qual o classifica como "preso político" e pede reação dos militantes e seguidores.

Lula é levado pela PF para prestar depoimento em nova fase da Lava JatoOAS também pagou guarda-móveis para Lula

"#LulaPresoPolítico. Não podemos deixar barato. Precisamos todos reagir. Agora!", informa o PT no perfil @ptbrasil.

A ação da PF, a pedido do MPF, praticamente dominava os assuntos comentados do Twitter, com três posts entre os dez mais citados. Além da hashtag #Aletheia liderando, outras citações como Instituto Lula e Condução Coercitiva também estavam entre os mais comentados.

Últimas de Brasil