Coluna Esplanada: Tiro de canhão

Senador Jorge Viana (PT-AC) avisou a altos oficiais das Forças Armadas que a possível entrada do ex-presidente na gestão de Dilma Rousseff é a última aposta para tentar salvar o Governo

Por O Dia

Rio - O senador Jorge Viana (PT-AC), um dos próximos do sub judice ministro Lula e grampeado pela Polícia Federal na Lava Jato, avisou a altos oficiais das Forças Armadas que a possível entrada do ex-presidente na gestão de Dilma Rousseff é a última aposta para tentar salvar o Governo. Se não der certo, “não há mais o que fazer”.

Surpreeesa!

Sábado, na sala da Faculdade IDP, o professor ministro Gilmar Mendes dá de cara com novo aluno: o ex-mensaleiro João Paulo Cunha, condenado e perdoado com votos dele.

PROS no Esporte

O PRB perdeu o Ministério do Esporte por ciúme. O presidente do partido, Marcos Pereira, nunca aceitou ter sido preterido por George Hilton, que continua ministro.

Putin em Nikit

Com hotéis lotados no Rio de Janeiro para a abertura e encerramento dos Jogos, o presidente russo, Vladmir Putin, deve se hospedar em hotel de Niterói. E fará o trajeto de helicóptero.

Aposta das grandes

Captadores de investimentos da Queiroz Galvão, OAS e Odebrecht consultam redes hoteleiras da Europa e EUA, ofertando construção de complexos de cassinos no Brasil.

Te Cuida Lava-Jato

Um sinal de como será a relação do novo ministro da Justiça, Eugênio Aragão, com a Lava Jato. Este trecho ácido de um artigo, no qual ataca o órgão do qual é egresso: “Ao agir de forma ‘justiceira’ e politizada, o Ministério Público arrisca a posição que hoje ocupa no quadro constitucional”. Está em livro lançado em homenagem a Michel Temer.

Poderoso Chefão

Perdoado pelo STF, o mensaleiro Valdemar da Costa Neto manda no PR de uma sala do luxuoso Ed. Brasil 21. Os nomes para a comissão do impeachment saíram de sua caneta.

Praça nova

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, teve de segurar a inauguração do acesso da Praça Mauá ao complexo da Marinha no último dia 13, por causa dos protestos contra Dilma. Quer mostrar a importância do local.

Prefeito do Rio Eduardo PaesBruno de Lima / Agência O Dia

Janela fechada

Na ‘janela’ para troca de partidos, o PP, acredite, o mais enrolado na Lava Jato no STF, foi o que mais ganhou deputados filiados: 10. O DEM conquistou 4, e respira.

Revoada

O PSDB de Goiás, do governador Marconi, perdeu seus principais deputados, campeões de votos no Estado. Delegado Valdir foi para o PR. João Campos se filiou ao PRB.

Dominó petista

A delação do senador Delcídio revela uma autofagia no PT. Lula não falava com Cardozo, que não conversava com Delcídio, que não confiava em Mercadante etc.

Na pista

Alexej Predtechensky (gestão 2002-2011) na direção do Postalis, não está foragido. Foi alvo de busca e apreensão da PF na operação de novembro na sede do fundo de pensão.

Tô fora

O ex-ministro da Educação Renato Janine Ribeiro foi sondado por palacianos para voltar ao cargo, com a trapalhada de Aloizio Mercadante. Rejeitou.

Pílula a R$ 0,50

A famosa pílula anti-câncer, criada por cientista paulista, pode ser fabricada em série. O deputado Bolsonaro incentiva o laboratório da Marinha do Brasil a produzi-la. Custaria, acredita, R$ 0,50 a unidade. Entende-se o ataque da indústria farmacêutica à pílula.

Ponto final

Alguém viu por aí o ministro da Justiça mais breve da História? O baiano Wellington Lima pagou um mico. Ele sabia do bloqueio constitucional.

* Com Walmor Parente e Equipe DF, SP e Nordeste

Últimas de Brasil