Para Aécio Neves, Dilma 'jogou a toalha do ajuste fiscal'

Senador comentou anúncio de déficit de quase R$ 100 bilhões previsto para este ano

Por O Dia

Rio -  Um dia depois de o governo federal divulgar que deve ter um déficil de quase R$ 100 bilhões, o presidente do PSDB, senador Aécio Neves, atirou mais uma vez contra o governo da presidente Dilma Rousseff. Aécio, em sua página no Facebook, disse que o ajuste fiscal não será mais possível com a permanência do PT no poder. Para ele, "o governo acabou".

"O governo Dilma praticamente jogou a toalha do ajuste fiscal neste ano e no próximo e a consequência disso será um crescimento perigoso da dívida pública", publicou o senador."O maior agravante é que a piora no curto prazo é seguida também por uma piora nas expectativas de longo prazo. O governo não encaminhou nem uma reforma estrutural para o Congresso e sofre oposição do seu próprio partido o PT, continuou.

Para Aécio Neves "o governo acabou"Divulgação / Agência Senado

Para o presidente do PSDB, a roda da economia só voltará a girar com a destituição do governo da presidente Dilma. "Não há mais como fazer ajuste fiscal e retomar o crescimento da economia com este governo. Como já havia falado há meses atrás, o governo acabou", completou




Últimas de Brasil