Cardozo faz defesa de Dilma e diz que denúncia é marcada por vícios

O ministro entregou o documento de defesa de Dilma, que possui quase 200 páginas

Por O Dia

Brasília - Em suas primeiras palavras na comissão especial do impeachment, o advogado-geral da União, ministro José Eduardo Cardozo, disse que a análise do processo revelará a "absoluta improcedência do crime de responsabilidade" contra a presidente Dilma Rousseff.

Dilma Rousseff e José Eduardo CardozoDivulgação

O ministro entregou o documento de defesa de Dilma, de quase 200 páginas, nas mãos do presidente da comissão, deputado Rogério Rosso (PSD-DF).

Em seu discurso inicial, Cardozo disse que a peça da denúncia contra a petista é "marcada por profundos vícios". A uma sala cheia, o ministro dividiu sua apresentação por tópicos e neste momento explica o que é Estado de Direito, democracia e o regime presidencialista.

Últimas de Brasil