Deputado paga viagem de delator de Eduardo Cunha

Fernando Baiano irá depor no Conselho de Ética

Por O Dia

Rio - O presidente do Conselho de Ética da Câmara, deputado José Carlos Araújo (PR-BA), prometeu pagar pagar “do próprio bolso” as passagens de avião para o lobista Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, prestar depoimento na Comissão de Ética contra o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). No Conselho, Cunha é investigado por ter mentido sobre suas contas na Suiça. Em depoimento para a CPI da Petrobras no ano passado, o deputado negou a existência das contas. Pouco depois, as investigações da Lava Jato provaram que o parlamentar mantinhas as contas.

A ideia de bancar do próprio bolso as passagens de Baiano surgiu depois que os deputados perceberam uma tentativa de Cunha de atrapalhar a compra dos bilhetes. Segundo Araújo, foi feito pedido para a Câmara comprar as passagens para o delator em 14 de abril e, até agora, não houve resposta da Casa. O depoimento de Baiano foi marcado para o dia 26. Ele não é obrigado a depor.

“Eu vou pagar de meu bolso. É a minha contribuição para o Brasil. O Eduardo Cunha disse que não ia dar a passagem porque as testemunhas não tinham nada a ver com o processo, que poderiam ser impugnadas”, criticou Araújo. “Eduardo Cunha quer dirigir até as testemunhas. Ele quer dirigir o que as testemunhas vão dizer. Desse jeito, não dá”, reclamou;

Na última terça-feira, Cunha afirmou em entrevista coletiva que não há “hábito” no conselho de pagar passagens para testemunhas, que são convidadas. O presidente da Câmara disse ainda que essa decisão não é dele, por ser parte interessada.

Últimas de Brasil