Casais estrangeiros adotam menos no país

Número diminuiu 63,6% em cinco anos

Por O Dia

Rio - O número de casais estrangeiros que adotaram crianças brasileiras diminuiu 63,6% em cinco anos, informou ontem o Conselho Nacional de Justiça. Segundo o CNJ, em 2010, houve 316 adoções internacionais e, no ano passado, 115. Para o CNJ, a adoção internacional é uma medida extrema, que ocorre quando não se encontra uma família brasileira disponível. De 2010 a 2015, foram 1.409 adoções internacionais. No ano passado, as adoções desse tipo ocorreram em São Paulo (35), Rio (20), Minas (16), Santa Catarina (14), Pernambuco (9) e Espírito Santo (8). Para o coordenador-geral Antônio Carlos Parente, a crise econômica na Europa é uma das causas.

Últimas de Brasil