Por rafael.souza

São Paulo - Uma mulher foi encontrada morta e carbonizada, dentro do próprio carro, na manhã da última segunda-feira, em Guarulhos, na Grande São Paulo. O ex-marido é o principal suspeito do crime.

Michelle foi vista pela última vez no domingoReprodução

De acordo com a Polícia Civil, a bancária Michelle Fiori, de 30 anos, foi encontrada morta e totalmente queimada no bairro de Água Chata, na manhã de segunda. Segundo as investigações, Israel Serafin, que foi ex-companheiro da vítima teria cometido o crime. 

A Polícia Civil informou que, Israel passou na casa de Michelle na tarde de domingo para pegar seus dois filhos. Depois de uma hora, retornou ao local e saiu com a vítima, cada um em seu carro. Essa teria sido a última vez que a bancária foi vista viva.

Após o desaparecimento da mulher, os familiares registraram um boletim de ocorrência e foram avisados que Israel havia passado na casa dos pais dele para pegar roupas e foi embora dizendo que “tinha feito besteira”. 

Após localizarem o carro queimado, os agentes descobriram que o veículo pertencia à bancária.

De acordo com algumas testemunhas ouvidas pela polícia, Israel estava insatisfeito com o fim do relacionamento com a vítima. A Polícia Civil já pediu à Justiça a prisão temporária do acusado por 30 dias.

Você pode gostar