Mais de duas mortes por dia de H1N1

Foram registradas 290 mortes de janeiro até 23 de abril

Por O Dia

Rio - A gripe H1N1 já castigou mais de 1.517 pessoas no Brasil só em 2016, de acordo com o Ministério da Saúde. O número de óbitos provocados pela doença também é preocupante. Foram registradas 290 mortes de janeiro até 23 de abril, o que corresponde a mais de duas mortes por dia.

O maior número de infectados está na Região Sudeste com 1.106 registros, sendo 988 apenas em São Paulo, com 149 mortes. No estado do Rio, ocorreram oito óbitos até agora. O Ministério da Saúde informou ontem que, faltando mais de duas semanas para o fim da campanha de vacinação, quase 43% do público-alvo já foi imunizado. Ao todo, 21,3 milhões de pessoas já receberam a vacina.

A meta do governo é vacinar, até 20 de maio, pelo menos 80% das 49,8 milhões de pessoas com maior risco por complicações decorrentes do H1N1 — crianças até cinco anos, gestantes, profissionais de saúde, idosos e portadores de doenças crônicas. Quem não está nos grupos de risco e pode pagar cerca de R$ 120, há a alternativa das clínicas particulares. No Rio, no entanto, a rede privada está lotado e o público reclama de falta de doses.

Últimas de Brasil