OAB comemora decisão de Teori e espera que STF confirme afastamento

Eduardo Cunha foi afastado do mandato de deputado federal e, consequentemente, da Presidência da Casa nesta quinta

Por O Dia

Brasília - A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) comemorou a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal e agora espera que a decisão sobre o afastamento de Eduardo Cunha seja confirmada pelo plenário do STF. A afirmação foi feita pelo presidente do órgão, Claudio Lamachia.

LEIA TAMBÉM: Eduardo Cunha é afastado da Câmara

"A OAB aguarda e espera que a decisão sobre o afastamento de Eduardo Cunha seja referendada hoje no plenário do STF", afirmou "A Ordem está comemorando a decisão, que já era pedida desde fevereiro pela OAB. E continuamos afirmando que devem ser garantidos os preceitos constitucionais com amplo direito de defesa e o devido processo legal."

Lamachia disse ainda que a sociedade brasileira espera uma resposta diante da crise "política e ética" que o País vive. "Tenho uma convicção de que nós sairemos desta crise muito maior do que entramos. A sociedade aprendeu que temos de acompanhar a política e que o voto não tem preço", afirmou.

Cunha foi afastado do mandato de deputado federal e, consequentemente, do comando da Casa nesta quinta-feira, depois de decisão do ministro do STF Teori Zavascki. A decisão do ministro atende a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), feito ainda no fim do ano passado, que alega que Cunha usou o cargo para interferir nas investigações da Operação Lava Jato, da qual ele é alvo.

Últimas de Brasil