Imprensa internacional registra confusão na rampa do Planalto

O grupo contrário a Temer chegou a deitar na rampa do Palácio, mas foi retirado à força pela segurança da presidência da República

Por O Dia

Brasília - Enquanto o presidente em exercício Michel Temer discursava no segundo andar no Palácio do Planalto, a confusão causada por manifestantes pró-governo Dilma Rousseff atraiu a atenção da imprensa em internacional. Pelos menos três repórteres - dois americanos e um japonês - fizeram passagens mostrando a confusão e destacando a crise política no país.

Uma dezena de manifestantes tentou subir a rampa do Palácio do Planalto assim que começou o discurso do presidente em exercício Michel Temer. O grupo contrário a Temer chegou a deitar na rampa do Palácio, mas foi retirado à força pela segurança da presidência da República, que depois fechou o acesso ao Planalto

Os manifestantes foram levados novamente para a frente o Planalto e começaram a gritar: "Não vai ter 'arrego', ou tira o Temer ou tiro o seu sossego". O grupo promete "resistir até o fim do golpe".

Últimas de Brasil