Homem é preso suspeito de provocar incêndio em comunidade de São Paulo

Ele teria afirmado que ateou fogo em fios de cobre em depósito de reciclagem de sua família

Por O Dia

São Paulo - A Polícia Militar prendeu, neste domingo, um homem suspeito de ter provocado o incêndio que atingiu a comunidade de Paraisópolis, em São Paulo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo afirmou ao iG, Matheus Rodrigues da Silva, de 20 anos, foi detido pelos policiais, em flagrante, após tentativa de fuga relatada por testemunhas. O acusado teria afirmado que ateou fogo em fios de cobre em um depósito de reciclagem de sua família (que possui paredes de madeira) na Rua Herbert Spencer, na Vila Andrade, zona sul da cidade de São Paulo. 

Incêndio atingiu região de difícil acesso em Paraisópolis neste sábadoReprodução Twitter

De acordo com o suspeito, depois de atear fogo no material, chamas teriam se alastrado e ele não teria conseguido apagá-las. Porém, durante a abertura do Boletim de Ocorrência, Matheus negou que tenha provocado o incêndio, dizendo que o fogo fora provocado, na verdade, por um curto-circuito em um imóvel vizinho.  O imóvel foi periciado pelo Instituto de Criminalística.

O suspeito continua detido na 89ª DP, em São Paulo. Segundo afirmou o Corpo de Bombeiros de São Paulo, o incêndio foi controlado por volta das 20h, após três horas de duração. Cerca de cem barracos foram destruídos pelo incidente.

Fonte: IG

Últimas de Brasil