Abaixo-assinado contra motorista é achado em mochila

Documento estava com vítima do acidente

Por O Dia

São Paulo - Um abaixo-assinado, que pedia providências contra um motorista da empresa de fretados, foi encontrada entre os pertences dos estudantes que sofreram o acidente na Rodovia Mogi-Bertioga, que matou 18 pessoas na noite de quarta-feira. O documento não tem assinaturas e também não identifica o nome do condutor que motivou a reclamação.

As 18 vítimas do acidente em Bertioga foram enterradas nesta sexta-feiraRicardo Faustino / PMSS

Os corpos das vítimas foram enterrados nesta sexta-feira em São Sebastião, no litoral paulista. No acidente, 17 estudantes universitários e o motorista do ônibus morreram. Pelo menos 15 pessoas ficaram feridas.

O abaixo-assinado, endereçado à secretária de Educação de São Sebastião, Maria Zeneide Nunes da Silva Moraes, relata supostas “manobras ilegais” realizadas por um condutor “em tempo chuvoso e com neblina”.

“Houve algumas atitudes do respectivo funcionário que coloca em risco a integridade física dos estudantes que utilizam o transporte”, relata trecho do texto do abaixo-assinado.

Nesta sexta-feira, pais de vítimas afirmaram que os filhos costumavam reclamar do condutor. A polícia, porém, afirmou que ainda é prematuro relacionar as críticas ao motorista, que também morreu no acidente.

O delegado titular de Bertioga, Maurício Barbosa Júnior, afirmou que quer começar a agendar a coleta dos depoimentos dos sobreviventes a partir de segunda-feira.

“A relação das vítimas só chegou hoje. Preciso fazer o contato com os sobreviventes para marcar um dia para ouvi-los.” Barbosa Júnior disse que irá falar com os feridos em São Sebastião. “Não vou pegar depoimentos nos hospitais.” 

Últimas de Brasil