Mulher sofre preconceito e perde o emprego por ser mãe solteira

Patroa descobriu, através do Facebook, que sua faxineira tinha três filhos e não era casada e a demitiu por Whatsapp

Por O Dia

Rio - Uma mulher não identificada foi alvo de preconceito em seu trabalho. Segundo o post publicado pela página do Facebook "Diário de uma mãe solteira", a empregada doméstica perdeu o emprego por ser uma mãe solteira.

A página compartilhou prints da conversa entre a faxineira e a patroa, disponibilizada por uma das filhas da doméstica. 

Patroa descobriu Facebook e mulher perdeu o emprego por ser mãe solteira Reprodução Internet

Tudo começa quando a mulher pergunta para sua funcionária se ela é mãe solteira ou casada. Depois que a doméstica responde que não é casada, a dona da casa manda cancelar a faxina.

"Não posso permitir esse tipo de gente na minha casa, perto do meu marido. Não posso ter esse tipo de gente aqui”, escreveu ela no Whatsapp.

O post do Facebook teve quase 10 mil curtidas, mais de 5 mil compartilhamentos e gerou muita revolta.

Últimas de Brasil