Mega-assalto a empresa de segurança deixa PM morto

Bandidos usaram fuzis capazes de derrubar um avião, um caminhão e uma retroescavadeira

Por O Dia

Ribeirão Preto (SP) - Mais de 20 homens fortemente armados atacaram uma transportadora de valores na madrugada de ontem, em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. O grupo estava em vários carros e trocou tiros com a polícia por uma hora, tendo na fuga matado um policial militar rodoviário na Rodovia Anhanguera.

No assalto, os bandidos usaram fuzis capazes de derrubar um avião, um caminhão e uma retroescavadeira para fechar ruas e, na fuga, atiraram contra transformadores. Mais de 2,2 mil imóveis ficaram sem energia elétrica. O valor roubado ainda não foi divulgado pela transportadora, a Prosegur. O resultado do ataque foi uma cena de guerra, com o imóvel da empresa destruído, casas vizinhas danificadas e várias vias públicas, além de um trecho da Rodovia Anhanguera, fechadas na manhã de ontem para perícia. A transportadora fica localizada na Avenida Saudade, uma das principais vias da cidade. O policial morto foi atingido na cabeça e morreu pouco depois no Hospital das Clínicas.

Últimas de Brasil