Rodrigo Maia e Rogério Rosso vão para segundo turno em votação na Câmara

Parlamentares disputam presidência da Casa. Evair de Melo registrou o menor número de votos

Por O Dia

Brasília - Os deputados federais Rodrigo Maia (DEM) e Rogério Rosso vão para o segundo turno da votação para eleger o próximo presidente da Câmara dos Deputados. Maia teve 120 votos e Rosso, 106. O parlamentar que teve menos votos foi Evair de Melo (PV), com cinco votos. Ao todo, 13 candidatos disputavam o cargo. O resultado final sairá durante a madrugada desta quinta-feira.

A votação começou por volta das 21h10 desta quarta-feira e durou 34 minutos, menos do que o previsto. O esperado era que durasse uma hora e meia.

Ao abrir a sessão destinada a eleição da presidência da Câmara dos Deputados, o presidente interino, Waldir Maranhão (PP-MA), fez um discurso de despedida. Em sua fala, Maranhão assumiu que cometeu erros, mas disse que a sua atuação também mudou os rumos do País.

Com a escolha do sucessor do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o parlamentar reassume a vice-presidência da Casa até fevereiro do ano que vem. "Nestes poucos meses, aprendi anos. Acertei e errei como qualquer um, mas não vou aqui ficar lamentando o passado. Tenho certeza que algumas decisões vão mudar o nosso país para melhor. O resto é página virada", disse. Para o presidente interino, "a História julgará a sua gestão".

"Deixo esta Presidência sem mágoas e rancores e com a consciência limpa e tranquila. Continuarei no exercício da Vice-Presidência prestando lealdade ao meu Estado e ao nosso País", continuou. Maranhão afirmou ainda que chegou à Presidência, há cerca de dois meses, "de forma inesperada e não desejada".

Com informações do Estadão Conteúdo

Últimas de Brasil